BEM VINDOS!!

SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ DESEJA VER NO MUNDO

Gandhi

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O QUE É NATAL PARA VOCÊ?

NATAL... nascimento, não somente de uma nova vida de uma pessoa comum, mas o nascimento de Jeus. E dai? muitos se perguntam, oras Jesus significa SALVAÇÃO... Mas salvar de que? Por qual razão, para que?
Qual é o verdadeiro sentimento deste nascimento, deste clima abençoado que vivemos todos os anos?
Precisamos de salvação ou de um salvador?

 Neste período recebemos muitas mensagens de paz, amor, prosperidade, muitos “fluidos” positivos. Há uma atmosfera fraterna e religiosa no ar. Convidamos até padres ou pastores para abençoar nossos lares. Pensamos que estamos em paz com Deus. Somos pessoas do bem, o clima natalino nos mostra isto.
Nossa alma se enleva com melodias familiares de Natal; músicas que nos embalam desde criança, luzes coloridas piscando, as ruas agitadas em busca de um presente ou presentes para pessoas amadas, os preparativos da ceia; um farto jantar – claro, para aqueles que podem! – Tudo isso nos mostra uma participativa confraternização. O que importa é a atmosfera de festa, alegria, pois é Natal. Quem vai querer parar para refletir sobre o verdadeiro sentido do Natal?
Não, não dá! O que importa é o que sentimos, não o sentido real! Deixemos isso para outra hora.

É dessa forma que o verdadeiro sentido do Natal se esvai, e nos restam apenas ilusões de uma sociedade de consumo misturada ao sentimentalismo das boas ideologias humanistas – “faça o seu Natal com os pobres” -. Isso sem falar de alguns (des)orientadores religiosos, os quais se auto-apascentam ao invés de apascentarem as ovelhas de Cristo.
O Salvador, neste clima natalino, é apenas um segundo-plano para tantos destaques e luzes.

Há uma Luz nessa festa, e não são luzes artificiais.
Há luz em meio às trevas, mas poucos conseguem enxergar. Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos (Mateus 22:14). Nem todos conseguem ver essa luz. Mas há os que conseguem vislumbrar o verdadeiro sentido do Natal. Enxergar essa luz é ouvir o Verbo, Cristo Jesus, a Palavra, o “Logos”; as Escrituras, e não só ouvir, mas seguir, pois o Verbo não só é Palavra, porém, igualmente é “ação”; ver a luz também é compreender o nobre e singelo nascimento do Salvador prometido por Deus – que nascera de uma mulher -. E este conhecimento (esta luz) tem o peso do destino eterno para todos nós – independente de crer ou não nisto -.
Entender isso, que Deus enviou ao mundo, no tempo que determinou, Seu próprio, único e eterno Filho, pelo poder do Espírito Santo, sem intervenção do homem. Isto é luz! Assim Ele é, na verdade, o Emanuel - ...ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco) (Mt 1.23). - A alegria desse entendimento é a verdadeira alegria e felicidade, não a alegria induzida pelo clima de Natal. Esta é a grande diferença.

Jesus Cristo é verdadeiro Deus! Mas, não paremos por aqui...


Lucas 2:34 diz: (...) Eis que este menino está destinado tanto para ruína como para levantamento de muitos... - Este menino foi escolhido por Deus tanto para a destruição como para a salvação de muita gente.
O verdadeiro sentido do Natal é apontar para a luz gloriosa do Salvador, mas a obra da humanidade é má— O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más (João 3:19).
Não é à toa que a figura do Papai Noel e todo clima comercial natalício encantam a todos, enquanto desprezam o Redentor Jesus Cristo e seu nascimento real!
As luzes desse Natal anti-cristão é uma felicidade artificial provocada por um alucinógeno mentiroso, cujo clima é uma nuvem espessa de ignorância; trevas, obscurecendo as verdades espirituais.
Jesus Cristo, que é o único Deus vivo e verdadeiro disse: e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32).


Deus não está nem um pouco interessado numa humanidade sentimentalista, cheia de “boas intenções” em períodos natalinos, quando essa mesma humanidade despreza as palavras do Seu Filho (é exatamente neste sentido que a humanidade é má); quando, na verdade passamos o ano inteiro “puxando o tapete” do próximo, mentindo, enganando, esbanjando ridícula vaidade, cometendo injustiças e torpezas, inflando arrogância, discriminando, constrangendo moralmente, envolvidos em intrigas e fofocas, disputas desonestas, traindo, ameaçando, sendo revanchistas, impiedosos e hipócritas. E ao aproximar-se a atmosfera natalina, beijamos, abraçamos e nos confraternizamos fingindo amizade e amor. Definitivamente, esta não é a alegria dos salvos, pois Jesus não está sendo a figura central e excelsa.

Meus votos, para você leitor, é que você possa ser alcançado por esta Luz:



De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida (João 8:12).



Eu vim como luz para o mundo, a fim de que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas (João 12:46).



Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo (2 Coríntios 4:6).



Somente esta compreensão, que depende tão-somente da graça de Deus, poderá dar sentido às palavras tão rotineiras, como: PAZ, UNIÃO, AMOR E PROSPERIDADE, e dará sua vida, desde agora e eternamente.





quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A HUMANIDADE TEM SALVAÇÃO?

A violência hoje se espalha por todos os cantos, parece que os seres humanos perderam o senso do que é de fato o significado da palavra "ser humano",  hoje a humaninadade esta "sendo" qualquer coisa, menos humanos, se perdeu o conceito de fraternidade, de solidariedade, de paz, de convivencia social. 
Cobra-se um desenvolvimento intelectual das pessoas fazendo com que todos os sentimentos fiquem esquecidos; a era das máquinas, do espaço digital, transforma as pessoas em máquinas, repetindo sempre as mesmas atividades, destruindo assim a capacidade que cada um tem de criar, de se enriquecer com novos valores espirituais.
O que fazer? Há de fato algo que possa ser feito? D
iante de tudo que passa a sociedade atual, só existe uma maneira eficiente de fazer com que desponte um novo tempo, uma nova sociedade: a educação.
Mas aqui ao falar de educação, se fala de educar no sentido de cultivar, fazer brotar, elevar, fazer crescer, não de maneira automátical, mas de forma integral, para que o educando possa ser o cidadão honrado que todos desejam encontrar na sociedade da qual se faz parte. 

É necessário que os professores e os pais tenham a conscienciaque é necessário educar para amar, e amar para educar .   Aos pais não basta amar, é preciso que seu amor seja firme, sem tirania. Aos mestres não basta instruir, transmitir informações áridas, sem o real enriquecimento do conteúdo com o tempero do afeto.
É preciso que haja uma união de forças entre pais e mestres para que se consiga o êxito na reforma moral da humanidade.... É preciso que o ser humano passe a ser o tesouro mais valioso do planeta, para que entenda o papel que lhe cabe na obra do Criador.
É preciso que não se tente resumir o ser humano a uma simples máquina de fazer sexo, fabricar dinheiro, se projetar sob as luzes transitórias dos holofotes da fama.
É preciso que se compreenda a realidade imortal do ser humano.
É preciso que se entenda, de vez por todas, que o ser humano não é um amontoado de ossos e músculos, numa breve experiência espiritual.
O homem é um ser espiritual, vivendo uma breve experiência num corpo carnal, frágil e perecível.

Quando de fato isso acontecer, talvez veremos no lar, que é a primeira escola, as crianças aprendendo o respeito ao semelhante, a dignidade, a honradez, a liberdade intelectual, o respeito a si mesma e ao próximo, e, na escola, com mestres conscientes do seu nobre dever, aprenderiam as lições para iluminar o intelecto, mas sempre acompanhadas com os componentes do amor e da ternura.
Eis uma receita infalível...
Eis a solução para banir, definitivamente, a violência da face da Terra.
A educação sem um propósito de transcendência, de ir um pouco mais além, é uma idéia vazia e estreita e pode sempre se tornar instrumento de manipulação dos poderes sociais. 

“A educação é uma arte particular, exige qualidades morais que não são dadas a todos os homens, tais como sabedoria, firmeza, paciência, vontade e força para dominar as próprias paixões;
Exige profundo conhecimento do coração e da psicologia do ser humano, além do conhecimento dos meios mais apropriados para desenvolver no aluno as faculdades físicas, intelectuais e morais necessárias ao seu crescimento.
A educação é uma arte que precisa ser estudada, do que resulta que o professor é, ele próprio, um eterno aprendiz”.
Vamos nos unir então, pais e professores, para que possamos construir nas mentes de nossos filhos uma estrutura firmada em valores nobres que garantam a construção de um mundo melhor.


Fica aqui a letra de uma música para reflexão:

Quando O Sol Bater Na Janela Do Teu Quarto

Legião Urbana

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,
Porque esperar
Se podemos começar
Tudo de novo?
Agora mesmo,
A humanidade é desumana
Mas ainda temos chance,
O sol nasce pra todos,
Só não sabe quem não quer,
Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,
Até bem pouco tempo atrás,
Poderíamos mudar o mundo,
Quem roubou nossa coragem?
Tudo é dor,
E toda dor vem do desejo,
De não sentimos dor,
Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só.
Composição: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

URGENTEEEEEE

Urgente e Atual
O ministro da Educação Fernando Haddad solicitou uma pesquisa científica sobre o aumento do número de horas do aluno na Escola e sua correlação com o aumento do Rendimento Escolar. No dia 21 de setembro (21/09/11) ele apresentou os resultados à imprensa, pois deseja um Grande Debate sobre o Assunto.
A pesquisa realizada pela Secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo revelou que mais tempo (mais horas) na Escola leva a uma melhoria dos resultados do aluno na aprendizagem e nas avaliações (ENEM, SAEB, etc.).
Até aí nenhuma surpresa, pois vários países desenvolvidos têm uma carga horária anual maior do que a brasileira e têm resultados melhores. O que vêm a seguir é que é preocupante.
Diante do resultado deste estudo, Ricardo Paes de Barros, subsecretário que coordenou a pesquisa apontou alternativas (que seriam, na verdade, Propostas) ao ministro:
Proposta 1
Proposta 1 – O Estudo de Ricardo Paes de Barros mostrou que um bom professor em sala de aula tem o impacto de 9,6 pontos no Saeb, 20 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e 68% de melhoria do desempenho do aluno. Mostrou também que a melhoria dos resultados acadêmicos pode ser feita com a diminuição das faltas dos alunos e dos professores durante o ano letivo. Esta proposta implica a) criar programas de formação e projetos de incentivo aos docentes, para que mais bem remunerados, preparados e motivados, possam faltar menos e dar melhores aulas; b) modificar a atual LDB, diminuindo o percentual máximo permitido de faltas aos alunos (25%); c) Reduzir o número de faltas, abonos e licenças permitidas por lei aos docentes.
A Proposta 1 requer modificação na legislação educacional e investimentos em Salários e em Programas de Formação Continuada para os Docentes (Formação Profissional, Especialização, Mestrado e Doutorado).
Proposta 2
Proposta 2 – Paes de Barros aponta que a Diminuição do número de alunos em Sala potencializa o rendimento de todos, ao permitir que os Docentes tenham mais tempo para auxiliar os alunos que apresentarem dificuldades. Nesta proposta: a) estabelecer qual é o número mínimo de alunos por sala e série; b) ampliar o número de salas e, consequentemente, de escolas; c) criar incentivos para a carreira docente, pois mais salas e mais escolas demandarão mais professores mais bem preparados (hoje, desestimulados, muitos estão deixando a carreira docente).
A Proposta 2 demanda investimento em infraestrutura e investimento no profissional da educação (Salários e Capacitação). Se a carreira docente for valorizada, atrairá e manterá nela os mais capacitados.
Proposta 3
Proposta 3 – Aumento do número de horas diárias do aluno na Escola. Essa proposta segue o modelo europeu (período integral) e implica em alguns investimentos: a) melhorar as cantinas escolares para que possam servir almoço aos alunos; b)readequação do currículo para que todo o período de permanência seja bem aproveitado; c) maior número de salas de aulas (hoje, os alunos do matutino e vespertino utilizam as mesmas salas); d) readequação e aumento da carga horária dos professores (o professor receberia o valor das aulas adicionais); e) aumento dos espaços esportivos e culturais da Escola (necessidades de uma Escola de Tempo Integral).
Ou seja, a Proposta 3 requer significativos investimentos em infraestrutura. Entretanto, o aumento do salário dos professores seria apenas em função do aumento do trabalho (mais aulas, mais remuneração) e não de um aumento real no valor da hora/aula. É verdade que a Escola de Tempo Integral é um modelo seguido na Europa, mas lá o professor recebe melhores salários (quando comparados com outros profissionais de formação superior) do que aqui.
Proposta 4
Proposta 4 – Aumento dos dias letivos. Dos atuais 200 para 220 dias letivos. Sendo subsecretário da Secretaria de Assuntos Estratégicos da presidência, Paes de Barros julga ser essa a alternativa mais atraente e interessante ao governo pois praticamente não haverá nenhum custo para os cofres públicos. Na prática, esta Proposta levará: a) a um aumento dos dias letivos em detrimento de sábados e feriados; b) aumento da jornada de trabalho (em dias) sem o consequente aumento da remuneração (pois o governo já divide o salário anual em doze meses + o décimo terceiro); c) diminuição dos dias de recesso e férias docentes.
A Proposta 4 não requer do Governo praticamente nenhum investimento – só uma mudança na Lei. Já para o docente, significa mais dias de trabalho, mais matéria a ser lecionada e mais avaliações, provas e trabalhos para corrigir e nenhum aumento ou remuneração adicional. Para o aluno, mais matéria, mais pressão por resultados e menos dias livres em casa.
Fique Atento e Pense Corretamente como PROFESSOR
O Governo tem a intenção, segundo o ministro, de realizar um DEBATE com a SOCIEDADE para, em seguida, implementar a medida – aumento para 220 dias letivos.
Proposta 1 - Investir na Formação e Salários dos Professores e Diminuir a permissão para Faltas (docentes e discentes).
Proposta 2 - Menos alunos por Sala e Professores melhor Preparados e Melhor Remunerados.
Proposta 3 - Escola de Tempo Integral (ainda precisa de muitos ajustes, mas levará o governo à necessidade de INVESTIR muito para sua implantação).
CUIDADO, Professor
Como mais UMA PROVA de que o Governo não quer INVESTIR em Educação, o subsecretário da Pasta já está indicando o aumento dos dias como a MELHOR proposta para o GOVERNO. Isso é ÓBVIO, pois é a única alternativa que não requer investimentos.
O Governo tentará neste DEBATE jogar a população contra os professores que se opuserem aos 220 dias (Alternativa 4).
Mas na verdade, NÓS PROFESSORES sabemos que aumentar para 220 dias não vai mudar em NADA o quadro atual de descaso com que as autoridades tratam a Educação.
Além disso, a proposta de aumento dos Dias Letivos é a única que não apresentará nenhuma contrapartida positiva para o DOCENTE.
Existem, ainda, outras PROPOSTAS com melhores OPÇÕES . Diga isso aos seus colegas e diretores. Diga isso aos seus vizinhos. Diga isso aos seus ALUNOS, sejam eles do Ensino Fundamental, do ENSINO MÉDIO, do Ensino Superior, da Pós Graduação, do Mestrado ou do Doutorado.
TODOS OS PROFESSORES DEVEM SE UNIR neste Debate, pedindo ao Governo que aumente os INVESTIMENTOS na Educação do País.
É fato que Todos os Professores Conscientes querem MUDANÇAS na Educação. Mas queremos MUDANÇAS que realmente façam a DIFERENÇA, que AUMENTEM a QUALIDADE do Ensino e que FAÇAM o governo Investir naquilo que é mais precioso – a Educação de nossas Crianças.
NÃO ACEITE OS 220 DIAS. Os 220 dias serão um ENGODO para que o GOVERNO não gaste e não invista mais.
Queridos Professores e Professoras da rede Pública e Particular, de todos os níveis
Sejam conscientes - Repassem este E-mail a todos os Docentes e Educadores que vocês Conhecem.
Abaixo, a notícia e a reportagem disponível na Internet
21/09/2011 - MEC apresenta proposta para deixar aluno mais 20 dias por ano na escola
O ministro da Educação, Fernando Haddad, apresentou nesta quarta-feira (21) em Brasília o resultado de uma pesquisa que levou o MEC a avaliar o aumento de até quatro semanas no calendário letivo da educação básica do país no sistema público e privado. Atualmente, o Brasil tem 200 dias, como prevê a Lei de Diretrizes e Bases (nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996) no ano letivo e carga horária de 800 horas. O ministro propõe um amplo debate sobre a ampliação da carga horária escolar para 220 dias ao ano.
“Sempre que o MEC se vê diante de uma evidência forte que algo pode melhorar a partir da descoberta de um estudo temos que perseguir este objetivo”, disse Haddad. O ministro vai discutir a proposta com secretários de educação estaduais e municipais. Ele espera concluir o debate este ano para que a proposta seja encaminhada ao Congresso Nacional em 2012 para votação. “Nenhum país com bom desempenho tem uma carga horária de 800 horas”, disse o ministro. “O Chile tem carga de 1.200 horas por ano e o nosso desempenho hoje é equivalente ao que o Chile tinha no ano 2000.”
A pesquisa coordenada por Ricardo Paes de Barros, subsecretário da Secretaria de Asssuntos Estratégicos da presidência, mostrou que dez dias a mais de aula aumentam em 44% o aprendizado dos alunos e em sete pontos a nota dos estudantes no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Essa melhoria pode ser atingida aumentando a exposição do aluno ao conhecimento.
Segundo o pesquisador, o aumento da exposição pode ser feito com ampliação da jornada diária e com a diminuição das faltas dos alunos e dos professores durante o ano letivo. Mas a alternativa mais atraente, segundo Barros, é a que tem o menor custo. “Em termos de custo é melhor porque na outra alternativa (mais horas/aula por dia ou menos alunos por sala) você precisa aumentar o espaço na escola colocando restaurantes e espaços esportivos.”
A outra variável que provoca melhora é a qualidade do professor. “Tem um enorme impacto entre se consultar um bom ou um mau médico. Com o professor também é assim, mas a gente não valoriza a profissão e deixa o profissional mais experiente migrar para a rede privada”, destacou o pesquisador. Ainda de acordo com ele, o impacto no Saeb com professor experiente seria de 3,3 pontos.

sábado, 15 de outubro de 2011

SER PROFESSOR...

É buscar dentro de cada um de nós
forças para prosseguir, mesmo com toda pressão,
toda tensão, toda falta de tempo...
Esse é nosso exercício diário!
Ser professor (a) é se alimentar do conhecimento
e fazer de si mesmo (a) janela aberta para o outro.
Ser professor (a) é formar gerações, propiciar o
questionamento e abrir as portas do saber.
Ser professor (a) é lutar pela transformação...
É formar e transformar,
através das letras, das artes, dos números...
Ser professor (a) é conhecer os limites do outro.
E, ainda assim, acreditar que ele seja capaz...
Ser professor (a) é também reconhecer que
todos os dias são feitos para aprender...
Sempre um pouco mais...
Ser professor (a)
É saber que o sonho é possível...
É sonhar com a sociedade melhor...
Inclusiva...
Onde todos possam ter acesso ao saber...
Ser professor (a) é também reconhecer que somos,
acima de tudo, seres humanos, e que temos licença para rir, chorar,
esbravejar.
Porque assim também ajudamos a pensar e construir o mundo.
Todos os dias do ano são seus, professor(a)!
Parabéns!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

ESSA SIM É MULHERÃO!! ASSISTA ;)

video video
ESSE VÍDEO DISPENSA QUALQUER COMENTÁRIO...



SERVE PRA ANALISARMOS O QUE É REALMENTE IMPORTANTE EM NOSSA VIDA!!!



...


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Quero colo – Caio Fernando Abreu

Exatamente assim. Pesada, sufocada. Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções.


Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros ... quero parar de me doar e começar a receber.


Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre virgulas, aspas, reticências... eu vou gostando... eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou... e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos... e vou... dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar.


Leia mais em: http://www.patriciaximenes.com/2011/06/quero-colo-caio-fernando-abreu.html#ixzz1afgMHEyd

É EXATAMENTE ASSIM QUE ME SINTO

terça-feira, 11 de outubro de 2011

HOSPITAL MAÇÔNICO



O JORNAL DA REDE GLOBO MOSTROU UMA REPORTAGEM SOBRE O HOSPITAL DOS OLHOS DE SOROCABA.
ESSE HOSPITAL É DA MAÇONARIA, SEM FINS LUCRATIVOS.
ELE É CONVENIADO COM O SUS, E TEM CAPACIDADE PARA REALIZAR CERCA DE 300 (TREZENTOS) TRANSPLANTES DE CÓRNEAS POR MÊS, POIS HÁ UM ESTOQUE DE CÓRNEAS
SUFICIENTE PARA A REALIZAÇÃO DOS MESMOS.
ENTRETANTO, ESSE HOSPITAL ESTÁ REALIZANDO SOMENTE CERCA DE 120 (CENTO E
VINTE) TRANSPLANTES POR MÊS, DEVIDO A FALTA DE
PACIENTES.
AS CÓRNEAS NÃO UTILIZADAS ESTÃO SENDO JOGADAS FORA POR PASSAREM DO TEMPO
DE UTILIZAÇÃO E VALIDADE !
REPASSANDO DE MÃO EM MÃO ESTE E-MAIL PODERÁ CAIR NA MÃO DE ALGUÉM QUE
CONHEÇA UMA PESSOA QUE ESTÁ A ESPERA DE
CÓRNEAS

SOROCABA -SP E SE CURAR!

TELEFONE - (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15)
3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15) 3212-7009 (15)
3212-7009 - DE 2ª A 6ª FEIRA

ATENCIOSAMENTE,

DR. EDUARDO BEZERRA -MÉDICO

domingo, 9 de outubro de 2011

SERES HUMANOS??


Ao olhar ao meu redor com um olhar mais aguçado, me assustei... Coisas que passam diante de nós todos os dias mas não paramos pra analisar, pra perceber o que acontece. 
O que vejo ao meu redor, são pessoas fúteis, preocupadas antes de tudo com o ter... Ter beleza, ter bens materias, ter a roupa da ultima moda, ter o melhor carro, ter a melhor casa, enfim ter, ter, ter... 
Onde fica o ser? Esquecido, por que hoje mais vale ter mil e uma plásticas em busca da beleza perfeita, enquanto os sentimentos, a convivencia com as pessoas se torna a cada dia mais fútil, mais ilusória, onde as pessoas se tornam mais jovens, mais belas, mais peitudas, mas ao mesmo tempo se olhar por dentro do vaso o que encontraremos é nada, encontraremos uma pessoa vazia, que coloca sua beleza acima de qualquer coisa, gastam fortunas pra parecerem mais belas, enquanto esquecem que antes de mudar o que tem por fora tem q tratar, cuidar o que tem por dentro, cuidar em primeiro lugar do seu espírito do seu SER.
A busca exagerada pela beleza perfeita, por bens materias, faz que as pessoas sejam julgadas por sua aparencia, ou pelo que tem em bens materiais, se vive hoje a lei do mais forte, se um puder pisar em cima do outro pra se dar bem, se pisa sem ter dó nem piedade, até ver o outro por baixo... 
Com que tipo de seres humanos convivemos hoje? Podemos chamar algumas pessoas de seres humanos? 
Vejo animais tendo mais gestos solidários que muitos "seres"humanos que conheço por ai.
E VOCÊ, PODE SER CHAMADO DE SER HUMANO?
Analise seus atos e mude seu modo de ser, a mudança do mundo precisa partir de cada um!!


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

É POSSIVEL ESQUECER SENTIMENTOS?

Há palavras para definir certos sentimentos? Como definir algo que te aperta o peito, que te faz encher os olhos de lágrimas... TRISTEZA? PERCA? DESAPONTAMENTO?
Não sei, tem certos acontecimentos em nossas vidas, que nos fazem ficar sem palavras, de repente como num passe de mágica, tudo que te fazia bem, te fazia contar os minutos e as horas do dias, pra ver o tempo passar mais rápido, te fazem fechar os olhos e não acreditar que tudo acabou, que tudo não passou de mera ilusão, que tudo não passou de algo momentâneo, e que chegou ao fim.
É algo que faz de forma brusca certas palavras viverem antónimos das outras:
ALEGRIA- TRISTEZA;
SORRISO - LÁGRIMA
EXPECTATIVA - DESILUSÃO
Como ser forte ao ponto de deixar pra trás algo que te fez tão bem? Algo que te fez tão feliz? Algo que te fez ter sentimentos e sensações nunca vividos antes?
ESQUECER... palavra tão fácil de ser pronunciada, mas tão difícil de torná-la real...
Existe a possibilidade de esquecer certas sensações, emoções e sentimentos?
Penso que quando se viveu algo verdadeiro, a palavra esquecer não passa de uma mera palavra sem significado, sem a pretensão de se tornar real...

MENTIRA, COVARDIA E EGOÍSMO


A pessoa MENTE porque é COVARDE e esta covardia se deve ao

fato de seu EGOÍSMO fazer com que ela de alguma forma, se 

beneficie desta mentira, sem se importar com o mal que fará aos 

outros.


O indivíduo mente, acredita na própria mentira, finge-se de 

ofendido se questionado e quando não tem saída, tenta justificar o 

injustificável, atacando, arrumando pretextos, se fazendo de vítima 

ou mentindo mais ainda.


Isso se chama DISSIMULAÇÃO, MALDADE E FALTA DE CARÁTER !!!!!


Os que agem desta forma, são justamente os que mais julgam o 

comportamento dos outros, esquecendo-se do seu próprio.


 Não estou falando da "mentirinha" usada para surpreender alguém 

ou para descontrair. Falamos da mentira que destroi, humilha e 

engana buscando vantagem, encobrindo a covardia ou falta de 

caráter. Os mentirosos de plantão, que se julgam ótimos atores e 

que normalmente se gabam disso, constumam falar muito de 

"mentiras construtivas" ou "mentiras necessárias" para justificar 

seus atos. Não se esqueçam de que existe uma linha tênue 

separando o "necessário" daquilo que é CONVENIENTE.

A MENTIRA É A PIOR FACE DE UM SER HUMANO!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

A VIDA VALE A PENA

AS VEZES FICO A PENSAR, A VIDA É COMPLICADA OU NÓS MESMOS QUE COMPLICAMOS A VIDA?
A cada novo dia temos a oportunidade de decidir se ficaremos mais um dia reclamando de tudo, ou se colocaremos um sorriso no rosto e faremos a vida seguir em frente... Nem sempre como nos sentimos por dentro, faz com q tenhamos vontade de sorrir, mas nunca esqueça quem convive com você, não é culpado pelo que te entristece.
Quando algo nos magoa, devemos falar, por pra fora, resolver, e não ficar guardando a mágua, e achando que todos ao redor tem culpa.
Cada minuto passado de nossa vida não volta atrás, não se repete, jamais teremos a oportunidade de voltar atrás. Por isso viva cada dia de maneira unica, aproveite o que a vida te trás de bom, e tente deixar pra trás, o que não te fez bem.
UM DIA DE CADA VEZ, NÃO VIVA DE PASSADO, E NEM SOMENTE DE FUTURO... VIVA O HOJE:
FAÇA CADA SEGUNDO DE SEU DIA VALER A PENA, A HORA É AGORA!!!

FAÇA TUDO O QUE FOR NECESSÁRIO PRA SER FELIZ HOJE!!









Cuide do seu falar!

Antes de falar, escute...
Antes de escrever, pense...
Antes de gastar, ganhe...
Antes de julgar, espere...
Antes de orar, peça perdão e também perdoe...
Sejamos senhores da nossa língua para não sermos, escravos de nossas palavras!

No mundo, sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que 

você é e outras que vão te odiar pelo mesmo motivo.

Acostume-se!

Quem ama,não vê defeitos, quem odeia, não vê qualidades e quem é amigo, vê as duas coisas!



Preste atenção em seus pensamentos, pois eles se tornarão palavras.

Preste atenção em suas palavras, pois elas se tornarão em atos.

Preste atenção em seu caráter,  pois ele determinará seu destino.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

CARTA ABERTA A RENATO ARAGÃO, DIDI DA REDE GLOBO!


Dentro de poucos dias teremos novamente "CRIANÇA ESPERANÇA", ENTÃO LEIA COM ATENÇÃO E SE ENTENDER QUE DEVE, REPASSE AOS SEUS CONTATOS.




SE 30% DOS BRASILEIROS (AS) FIZESSEM O QUE A SRA.
ELIANE ESTÁ FAZENDO, O BRASIL SERIA OUTRO.
PARABÉNS.


CARTA ABERTA DE ELIANE SINHASIQUE (jornalista e publicitária) PARA RENATO ARAGÃO (o Didi da REDE GLOBO DE TELEVISÃO) . . . . . !!!


R E P A S S E M . . . . . .


Querido Didi,
Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu nome para colar nas correspondências) ..........
Achei que as cartas não deveriam ser endereçadas a mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido às suas solicitações.
Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e escrever uma resposta.


Não foi por " algum motivo " que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos).
Você diz, em sua última carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação !


Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Êsse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não.
Eu não sou ministra da educação. Não ordeno e nem priorizo as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula.
A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos de idade, quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da família.
Trabalhei muito e, te garanto, TRABALHO NÃO MATA NINGUEM ! Muito pelo contrário, faz bem !
Estudei na escola da zona rural, fiz Supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma micro- empresária.


Didi, talvez você não tenha noção do quanto o GOVERNO FEDERAL tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa.
Os impostos são muito altos ! Sem falar dos Impostos embutidos em cada alimento e em cada produto ou serviço que preciso comprar para o sustento e sobrevivência da minha família.
Eu pago pela educação duas vezes : pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente, PORQUE SOMENTE A ESCOLA PÚBLICA NÃO ATENDE COM ENSINO DE QUALIDADE QUE, ACREDITO, MEUS DOIS FILHOS MERECEM !!!
Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir, pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da educação e de tantos outros problemas sociais !
O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores dessa dinheirama toda não veêm a educação como prioridade !
PARA ÊLES, A EDUCAÇÃO LHES RETIRA A SUBSERVIÊNCIA E ÊSSE FATO, POR SI SÓ, NÃO INTERESSA AOS POLÍTICOS QUE ESTÃO NO PODER. POR ISSO, O DINHEIRO ESTÁ SAINDO PELO RALO; ESTÃO JOGANDO FORA , OU APLICANDO MUITO MAL !!!
Para você ter uma idéia, na minha cidade cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 8,82 (oito reais e oitenta e dois centavos), enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos) !!! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda ? Você pode ajudar a mudar isso ! Não acha ?


Você diz em sua carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você !
É por isso que sua carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria ser endereçada a Presidente da República !!!Ela é " a cara " !!! Ela é quem tem a chave do cofre e a vontade política para aplicar os recurso!
Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que eles façam o que for correto e necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas do país, sem nenhum tipo de distinção ou discriminação. MAS, NÃO É O QUE ACONTECE !!!
No último parágrafo da sua carta, você joga, mais uma vez, a responsabilidade para cima de mim, dizendo que as crianças precisam da "minha doação" e que a "minha doação" faz toda a diferença...
Lamento discordar de você, Didi !!! Com o valor da doação mínima de R$ 15,00(quinze reais) eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês, ou posso comprar pão para o café da manhã para 10 dias..... !!!


Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas, R$ 15,00(quinze reais) eu não vou doar ! Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho !!!
Isso significa que o governo leva mais de um terço de tudo que eu recebo e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família !
Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer NÃO para quase tudo que meus filhos querem ou precisam ? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo ? Acredito que não. Você é um homem de bom-senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira.


Outra coisa Didi, MANDE UMA CARTA PARA A PRESIDENTE "DILMA" pedindo para ela selecionar melhor os ministros e também os professores das escolas públicas ! Só escolher quem, de fato, tem vocação para ser ministro e para o ensino.
Melhorar os salários daqueles profissionais também funciona para que êles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação ! Peça para Ela, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam, além de ler, escrever e fazer contas, possam desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso está sobrando sim ! Diga para Ela priorizar a educação e utilizar melhor os recursos.
Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando... Eliane Sinhasique - Mantenedora Principal dos Dois Filhos que Pari !!!
P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal-educada: vou rasgá-la antes de abrir.
PS2* Aos otários que doaram para o criança esperança, fiquem sabendo : AS ORGANIZAÇÕES GLOBO ENTREGAM TODO O DINHEIRO ARRECADADO À UNICEF E RECEBEM UM RECIBO DO VALOR PARA DEDUÇÃO DO SEU IMPOSTO DE RENDA !!!
Para vocês a Rede Globo anuncia: essa doação não poderá ser deduzida do seu imposto de renda !
PORQUÊ É ELA QUEM O FAZ !!!
PS3* E O DINHEIRO DA CPMF QUE PAGAMOS DURANTE 11(ONZE) ANOS?
MELHOROU ALGUMA COISA NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE DURANTE ESSES ANOS?
BRASILEIROS PATRIOTAS (e feitos de idiotas) !!!DIVULGUEM ESSA REVOLTA....
isto deveria chegar a Brasilia, não acha ???













quarta-feira, 3 de agosto de 2011

DIREITO DE RESPOSTA DOS PROFESSORES AO VEREADOR LEOBERTENSE

VENHO AQUI DIVULGAR O DIREITO DE RESPOSTA DO PROFESSOR ARISNALDO SOBRE A COLOCAÇÃO DO VEREADOR DE LEOBERTO LEAL SOBRE OS GREVISTAS:



DIREITO A RESPOSTA – GREVE DOS PROFESSORES
Quero cumprimentar o Sr. José Luiz Vermohlen, Exmo presidente desta casa e em seu nome  cumprimentar cada vereador e também a todas as pessoas presentes nesta sessão.
Peço licença para ocupar a tribuna e representando todos os professores que estavam em greve, esclarecer algumas inverdades que foram proferidas por alguns vereadores e poucas pessoas da sociedade  leobertense, e ter o direito de resposta:
·         Quando ouvimos que somos apaixonados, e deveríamos procurar outra profissão quando estávamos em greve, nós respondemos: somos apaixonados sim, pela nossa profissão. Amamos o que fazemos. Reivindicar direitos não significa não gostar da profissão, pelo contrário, é acreditar nela, viver dignamente com ela. Então quando vemos os noticiários que bombeiros, policiais, funcionários da saúde reivindicam melhor salário, médicos reivindicam reajustes em consultas, é porque não gostam de suas profissões? Dizer aos senhores que todo cidadão tem o direito de reclamar e exigir seus direitos de forma pacífica e ordeira.
·         Quando ouvimos que não teríamos mais motivos de continuar na greve, pois o governo já estava pagando o piso conforme  folha de pagamento, e  que a greve passava a ser política partidária contra o governador, visto que alguns professores tinham voltado ao trabalho, respondemos:   Qualquer leigo que acompanhou nos meios de comunicação viu que a adesão da greve  chegou a 90% dos profissionais. Aqui na nossa Escola chegou a 100%. Durante 33 dias nossa Escola estava totalmente sem aulas. E desse número de professores tanto aqui no município quanto no Estado, quase a maioria votaram no então governador Raimundo Colombo. Nunca na história do estado e do nosso município houve uma união da categoria para reivindicar a Lei Federal do Piso do magistério, aprovado desde 2008. Mas por que alguns professores retornaram para suas atividades e outros não? Qual o motivo que o nosso grupo continuou em greve por mais 20 dias? Resolvemos acompanhar os professores  das escolas de nossa regional de Ituporanga que  ainda eram mais de 50% paralisadas, e porque ainda não estávamos satisfeitos, pois os professores de início de carreira e professores sem habilitação tinham recebido aumento maior que os professores de final de carreira e com pós graduação. O plano de carreira é uma tabela salarial que varia conforme a habilitação, cursos e anos de serviço. A polêmica é que o governo alegava pagar o piso R$ 1.180,00 sem respeitar o plano de carreira, e descontou direitos conquistados de outras greves como a regência de classe e aulas excedentes, achatando a tabela desmotivando um professor a fazer uma pós-graduação ou mestrado. O fato de alguns professores terem voltado ao trabalho é pessoal, mas não porque estavam satisfeitos com o aumento. 
·         Não queríamos acreditar quando um representante do povo e professor disse que os pais deveriam jogar pedras nas casas dos professores para que saíssem da toca. O que motivou  essa incitação a violência? Gostaríamos que ele se retratasse publicamente. O seu salário de professor é melhor que o nosso? O senhor não acha que o professor merece ganhar melhor? Respondemos que nós somos  pessoas de bem, da paz, não queremos violência, dizer que tudo o que fizemos não foi pessoal. Dizer que nestes dias de greve não ficamos entocados, mas fomos ativos através de participações em passeatas aqui em nossa cidade e em outros municípios. Dizer que fizemos  nossa manifestação não por ódio ou porque estávamos apaixonados, mas sim indignados com a política educacional, como os nossos governantes tratam a nossa educação. Se estávamos em casa, não era descansando, mas sim estressados, preocupados com os nossos alunos, lendo os noticiários e até rezando para que a greve acabasse logo.
·         Quando ouvimos que deveríamos seguir o exemplo dos professores municipais que reivindicaram reajuste salarial na gestão onde eu era secretário municipal de educação, e não entraram em greve, eu respondo: mesmo que os dois casos se referem ao magistério, não pode servir de base para comparação, porque são épocas  e contextos diferentes e reivindicações diferentes, que não é o caso explicar. Mas antes de entrarmos em greve no dia 19 de maio, o SINTE já tinha se reunido com o governo várias vezes para negociação, porém sem sucesso. Não houve alternativa se não entrar em greve, uma manifestação constitucional que todas as categorias têm o direito de fazer. Dizer aos vereadores que o piso nacional é uma lei federal que deve ser aplicado nos estados e municípios. Aproveito este momento para questionar os senhores vereadores: como estão sendo gastos os recursos do FUNDEB? O nosso município paga o piso a todos os professores da rede municipal? Os senhores já tiveram a curiosidade de ver a tabela salarial, o plano de carreira dos nossos professores municipais? Quanto ganha um professor de final de carreira e de início de carreira? Os senhores já compararam salário de um professor pós-graduado com outro funcionário da prefeitura também pós-graduado? Os professores da rede municipal de Leoberto Leal tinham um dos melhores salários de nossa região, mas agora? Isso mudou pra melhor ou pior? Soube que os professores da rede municipal organizaram uma comissão para estudar o plano de carreira ou solicitar reajuste na porcentagem da pós-graduação de 30%. Já emitiram ofício a Prefeita oficializando o reajuste. Que aproveito para parabenizá-los pela iniciativa. Qual é a opinião dos senhores vereadores sobre isso? Quem dos senhores faz parte desta comissão ou está intercedendo pela categoria?

·         Para finalizar senhores e não tomar mais o seu tempo que já se esgota: aprendemos muito com esta greve. Retornamos pra sala com vitórias e conquistas até ano que vem, quando podemos começar uma nova greve se as promessas do Sr governador não forem cumpridas. Aprendemos que não devemos mais nos calar, lutar pelos nossos direitos, aprendemos que a união faz a força, que não podemos ser fanáticos por partido político, time ou religião, mas nos unirmos para conseguirmos algo. Aprendemos que devemos cobrar de nossos governantes mesmo tendo votado neles. Comprovamos que a educação ainda não é prioridade para os nossos governantes. Aprendemos que não podemos ter medo de dizer o que pensamos, de nos expor. Por isso deixo o incentivo para os nossos colegas professores da rede municipal de lutarem por seus direitos, nem que para isso devam entrar em greve.
Para os nossos vereadores, pedimos que acompanhassem as negociações da comissão com o executivo e intercedam pelos professores, ainda dá tempo. Ano que vem tem eleições, procurem não prometer o que não realizaram hoje. Educação de qualidade não é apenas construir escolas ou comprar transporte escolar, é também valorizar os nossos professores, pagando melhor seus salários, terem materiais disponíveis nas escolas para desenvolveram atividades diferentes. Agradecemos a oportunidade pelo direito de resposta e obrigado aos vereadores e pais que apoiaram os professores nesta greve e que torcem por uma educação melhor.

PARABÉNS ARISNALDO

DEFINIR A VIDA?

VIDA... Existe a definição correta pra ela? Um emaranhando de acontecimentos, alegrias, sofrimentos, fé?
Não sei determinar aqui o significado vida, só sei que é através dela que vou vivendo, aprendendo, descobrindo  modificando, sorrindo, chorando...
É na vida que meus olhos veem o que não queriam ver, que sinto o que não queria sentir, mas também, é nela que percebo tanta coisa maravilhosa, sublime, extraordinária...


Foi com a vida que aprendi a amar, a ter amigos, a ter fé... foi através dela que já dei meu maior sorriso, mas também derramei as mais sofridas lágrimas.
A vida me deu a oportunidade de gerar outra vida, de amar incondicionalmente essa vida; meu filho, meu tudo...
Enfim a cada novo dia a VIDA me da uma nova oportunidade de ser melhor em meu trabalho, em minha família, com meus amigos, comigo mesma...
Como sem fé a MINHA vida fica sem norte, deixo aqui uma mensagem do grande teólogo: LEONARDO BOFF


Experimentar Deus...
É percorrer repetidas vezes esse trajeto, que não será sempre o msm;
Pois a percepção do viajante vai se alterando, se aprofundando;
Não há contradição, há sim a liberdade de experimentar a presença de Deus,
Pois ela se revela em todas as coisas, em todas as circunstâncias, em todas as pessoas;
É experimentar a presença que se vela e se retrai, mas que é presença;
EXPERIMENTAR DEUS...
É experimentar o mistério,
É ESTAR VIVO
(Leonardo Boff)

quinta-feira, 28 de julho de 2011

REPOSIÇÃO: x QUALIDADE DE ENSINO?

Aluna se manifesta

26 de julho de 2011

Relato da aluna Júlia Silveira, de Criciúma:

Olá Moacir, estou no 1° ano do ensino médio da escola Governador Heriberto Hülse no município de Criciúma. Hoje, depois de tanto tempo de greve não conseguimos ter uma aula com qualidade, pois estavam fazendo uma reforma no telhado e o barulho estava insuportável, não conseguíamos ouvir o que os professores falavam (esses ajustes não deveriam ser feitos nos finais de semana ou enquanto os professores estavam em grave?)! Mas não é só isso, a escola esta com problemas na eletricidade e a luz da nossa sala fica piscando, isso quando acende. Também foram comprados alguns ar-condicionados que não podem ser usados porque cai a energia. O sinal também esta com problemas, como nossa sala fica nos fundos da escola, é impossível escuta-lo, sendo que tem caixinhas de som para que o sinal chegue até nós, mas elas não funcionam; poderiam ao menos colocar um relógio em nossa sala desta forma controlaríamos os horários das aulas, mas nem isso eles fazem! O telefone da secretaria esta cortado pois não há verba para o pagamento; e se algum aluno passar mal como os pais serão avisados?
Esses não deveriam ser compromissos do governo?
Como pode se obter um ensino de qualidade nessas condições?
Tenho orgulho dos professores que tenho, a maioria possui mestrado ou algum tipo de especialização.
Só estou querendo o que é meu por direito, uma escola com condições adequadas para receber os alunos e professores.
Obrigada por estar nos dando a oportunidade de expor a verdadeira realidade das escolas de Santa Catarina.

FONTE:http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/2011/07/26/aluna-se-manifesta/?topo=67,2,18,,,67



CARA ALUNA JULIA...
Em momento alguma nossos governanantes estiveram preocupados com a qualidade do Ensino/Aprendizagem, o que importa pra eles, é quantidade e nao qualidade. Em que condições estamos em sala de aula e nas escolas, não importa, desde que em numeros tenham os alunos na escola. 
Se tem possibilidade para a construção do conhecimento, ai ja é outra história.
É... 
Profissionais da Educação, continuam afirmando que nós temos q salvar o mundo, com um giz e uma escola caindo sobre nossas cabeças!!
 

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Dor em ser quem eu sou

Sou como todo ser humano, tenho meus defeitos e minhas qualidades, busco a cada novo dia ser feliz naquele momento, mas nem sempre meus sentimentos me deixam... Me decepciono, sofro choro, fico angustiada, com a forma de algumas pessoas conduzirem suas amizades.
Me pergunto: Eu que sou errada, por me apegar nas pessoas, por confiar em todos que se dizem meus amigos?

Eu sou errada, por tentar amar e entregar meu coração? Será que não tenho o direito de tentar ser feliz? Não tenho o direito de sonhar com um amor verdadeiro, com um amor pra vida inteira, será que sou tão errada assim em tentar?
Meus desvaneios as vezes me enlouquecem, me atiram ao chão, como se ali fosse meu unico lugar, mas la do fundo não sei como; me ergo e inicio novamente minha procura, por um amor verdadeiro, por uma amizade sincera (as raras q tenho procuro guardar para sempre). 
Tem dias que me sinto incompleta, como se algo faltasse dentro de mim, ai percebo que o que me faz sentir assim, sâo as inverdades q deixei para trás e não consegui resolver.
Sou tudo mas tbm sou nada, sonho com carinhos, afagos, dengos, uma vida plena, mas as vezes me pergunto se vale a pena se doar assim a uma pessoa para no final sair novamente machucado.
Não entendo, mas parece que muitas vezes a unica capacidade que tenho é afastar tudo que amo, quando meu maior desejo seria manter perto de mim para sempre.
Nas idas e vindas da vida, meu coração muito mais sangrou q permaneceu intacto...
Dores da alma... 
Dores da vida...
Dores das decepções...
Nem sempre o sorriso que carrego em meu rosto, mostra que esta tudo bem, as vezes por detrás de um grande sorriso meu existe um griito, esperando por socorro...


domingo, 17 de julho de 2011

NAUFRAGOU?

Ao se decidir pela volta as aulas, não consegui  fazer  uma postagem sobre a educação... Uma semana se passou, e confesso sinto-me pior que estava me sentindo antes de voltar.
Pensei que o contato com a escola me acalmaria, me faria ficar feliz por estar no lugar em que sempre sonhei e batalhei para estar: na EDUCAÇÃO...
 Não sei se envergonho-me, se choro, se fico cabisbaixa, se berro, se dou morro... a sensação que tenho é que eu estava lutando do lado errado, essa é a forma que os olhares me acusam em meu ambiente de trabalho. Estou tão revoltada, tão inojada com tanta coisa que vivenciei, que descobri durante a greve, que me faltarima palavras para apresentá-las aqui.
Venho aqui fazer um desabafo: POR MAIS QUE EU AME MINHA PROFISSÃO, ESTOU PENSANDO EM LARGAR O BARCO. Muitos devem estar pensando exageroo, mais digo a vocês o porque:
Desde que iniciei no magistério, sempre tentei incutir em meus alunos, a bandeira da luta, da persistencia, da união... enfim e quando presenciei tudo isso de uma vez como aconteceu em nossa greve, me digam o que ganhamos?
INGRATIDÃO... Como vou continuar a ensinar aos educandos algo que de momento nem eu sei se vale a pena?
Seguirei o restante do ano letivo, repondo meus dias parados, mas me sentindo um nada, vou terminar o ano com tristeza, incertezas, indignação... 
A unica certeza que tenho neste momento comigo, é que vou cabo eleitoral de todos os deputados que votaram a favor da PL, SIM CABO ELITORAL MAS PARA FAZER CAMPANHA CONTRA A TODOS ESSES INIMIGOS DA EDUCAÇÃO...
Faço minha ultima postagem sobre a greve com um eterno sentimento de luto... Pq de momento o que consigo sentir é que algo morreu dentro de mim... meus ideais, meu sonho de  desejo de luta, de batalha... 
Enfim, se antes ao colocar minha cabeça no travesseiro eu n dormia pensando no ano letivo que estava passando, agora continuo não dormindo pensando no FUTURO DA EDUCAÇÃO...
QUE UMA LUZ DESÇA SOBRE NÓS!!

Desde que

sábado, 9 de julho de 2011

APOIO DOS ESTUDANTES!! :)

 FONTE: http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/2011/07/09/a-solidariedade-dos-estudantes/?topo=67,2,18,,,67


A solidariedade dos estudantes

9 de julho de 2011

“Moacir, você pode postar esse artigo dos estudantes de Schroeder, sou professor deles e estive acampado na Sec. Ed. e estava ao lado de você quando deste aquela magnifica entrevista aos professores acampados.
Obrigado professor Lucimar.
Nós tambem temos voz!

Está na hora de parar pra escutar o que nós, alunos temos a dizer.
Desabafo de alunos da rede Estadual de ensino de Santa Catarina
2º artigo:

Queremos parabenizar o governo por quase alcançar seu objetivo esse ano: Vencer nossos professores pelo cansaço.
E agora? Sem seus direitos respeitados, eles voltarão à sala de aula derrotados, desgastados e sem estímulo.
E aí começam a se perguntar: será que vale a pena?
Nós estamos perdendo nossos professores, ninguém mais quer trabalhar como professor.
Apesar do amor pela profissão, todos querem uma vida digna, e por isso tantos desistem.
Ninguem vai à luta, estuda, passa anos na faculdade, para ser desmerecido depois.
Nós perguntamos: Por que as leis são criadas, se não são cumpridas?
Como esperam que nós cumpramos as leis, que façamos o que é certo, se os exemplos que nos são mostrados por nossos governantes são o oposto disso?
Parem de fugir do cumprimento da lei, parem de procurar motivos para não fazer o que deve ser feito!
Como esperam que o IDEB cresca, se não existe estrutura, nem motivação para que isso aconteça?
O governo se esconde atrás da desculpa de que não há dotação orçamentária para pagar o que é justo, e
proporcionar ambiente adequado de ensino.
Sabemos que há, sim, condições de pagar o que é justo, mas esse dinheiro é gasto em finalidades questionáveis.
O Fundeb é o dinheiro que deveria ser direcionado exclusivamente à educação, não deveria entrar na base geral de cálculo, mas o governo insiste em colocar. Assim, o dinheiro da nossa educação é gasto em “asfalto”.
E de que nos adiantará um país “rico” em infraestrutura e pobre em educação e cultura?
Será que é porque precisam de mão de obra barata?
Aqui colocamos nossa voz: Não queremos ser mão de obra barata, não seremos massa de manobra fácil!
Estamos juntos na luta de nossos mestres pois acreditamos na nossa força. Somos da Escola de Educação Básica Miguel Couto de Schroeder – Artigo escrito por Maykon Vincenzi Milan, Alexsandra Soares e Betina Kafer.”